segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Cálculo - PARTE 3


Cálculo – Parte 3



Seguindo a série de artigos sobre cálculo, resolvi antes de continuar mostrando outros temas táticos, analisar uma partida para ficar mais claro em que momentos conseguimos efetuar uma combinação, quais são os elementos necessários pra isso.
A primeira coisa que é necessário entender é que tática e estratégia então sempre ligadas e que para conseguir uma posição em que exista uma combinação você precisa de elementos estratégicos suficientes.Com a partida que segue vai ficar mais claro:



(1) Lehmann - Muller [C51]
Match RFA -Suiça,1950, 19.08.2012
[Barbosa,Evandro]
1.e4 e5 2.Cf3 Cc6 3.Bc4 Bc5 4.b4

Com este sacrifício as brancas tentam ganhar tempo para desenvolver suas peças e ocupar o centro com peões. [4.c3 Este lance tem a mesma ideia de ocupar o centro com peões mas depois de... 4...Cf6 5.d4 exd4 6.cxd4 Bb4+ 7.Bd2 Bxd2+ 8.Cbxd2 d5! 9.exd5 Cxd5 As pretas conseguem criar contra jogo no centro.]

4...Bxb4 5.c3 Ba5 6.d4 exd4 7.0–0 Bb6 8.cxd4 d6 9.Cc3 Cf6?

Um detalhe interessante nessa posição que Cf6 um lance natural de desenvolvimento e seguindo um principio estratégico de desenvolver as peças para o centro é um erro. Acontece que nessa posição existe um fator mais importante que é expulsar o bispo de c4 dessa diagonal onde cria temas em f7. 10.e5! Diagram



 Se observarmos a posição percebemos que as brancas já possuem alguns elementos estratégicos para combinar ,por exemplo: clara vantagem no desenvolvimento, vantagem de espaço graças ao forte centro de peões e além disso o rei negro se encontra no centro. Sendo assim a brancas podem combinar.A ideia deste sacrifício de peão é abrir linhas para as peças e manter o rei negro no centro.

 10...dxe5 11.Ba3!

 As brancas executam com êxito a primeira parte do seu plano: manter o rei negro no centro. Nesse momento é importante notar que conseguido os elementos estratégicos para combinar a tática entra em primeiro plano e é preciso buscar ideia combinativas.

11...Ca5 12.Cxe5 Cxc4 13.Da4+ Bd7 14.Dxc4 Be6 15.d5!

A ideia deste lance é continuar abrindo linhas, abrindo a coluna d para a torre e atraindo o bispo para uma incomoda cravada.

15...Bxd5 16.Da4+ c6 17.Tad1

Agora só resta trazer a torre de f para e1 e todas as peças das brancas então em jogo.

17...Cd7 18.Cxd7 Dxd7 19.Cxd5 cxd5 Diagram



20.Txd5! Arremate decisivo! 1–0

Espero que com essa partida fique mais claro a relação entre tática e estratégia.


Segue o pgn:


Até a próxima
Evandro Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário